Site Autárquico de Miranda do Corvo

Exposição Coletiva de Artistas Locais

De 15 de julho a 03 de setembro

ANTÓNIO REIS

Natural de Miranda Corvo, nasceu em 1955.

Desde muito novo mostrou grande aptidão pelas artes plásticas, tendo feito vários cursos nesta área. Participou em várias exposições coletivas e individuais, com trabalhos de escultura e pintura. Ao longo do seu percurso artístico, tem feito restauros em peças religiosas, (crucifixos em madeira e esculturas em pedra e cerâmica), sendo também autor de peças escultóricas para espaços religiosos. Tem trabalhos expostos em várias coleções particulares no país e estrangeiro.

 

DUARTE PAULO

Natural de Angola, nasceu em 1955.

Cedo descobriu uma natural sensibilidade e apetência para as artes, tendo desde logo começado a fotografar e a desenvolver a arte fotográfica, paixão que o acompanhou durante quase toda a vida e que se tornou mais tarde a base da sua atividade profissional. Autodidata, começou a pintar e a esculpir há já alguns anos. A sua pintura de caraterísticas fortemente expressionistas denota a sua eterna paixão pela terra que o viu nascer, marcada pelas suas cores e ambiências. Tem participa em diversas exposições individuais e coletivas.

 

ILDA DIAS

Natural de Miranda do Corvo.

Possui formação, em ateliê particular, de Artes Decorativas e de Pintura.

É professora de Educação Especial, do Quadro de Agrupamento de Escolas de Miranda do Corvo, destacada pelo Ministério da Educação na Fundação ADFP de Miranda do Corvo, onde desenvolve funções pedagógicas na área da Educação Especial e Educação Visual e Tecnológica, a utentes do CAO e a crianças e jovens do Lar de Infância e Juventude. Colabora com a Universidade Sénior da Fundação ADFP, lecionanda a disciplina de Pintura. Dos seus trabalhos destaca-se a pintura a acrílico, pintura a óleo, a aguarela e trabalhos de arte decorativa, entre outros.

 

MARCO HENRIQUES

Natural de Miranda do Corvo, nasceu em 1980.

Adora pintar e desenhar, gosto esse que adquiriu em novo no curso de Artes da Escola Avelar Brotero de Coimbra mas que, por razões da vida, deixou. Voltou novamente e em força, com trabalhos que mostram esse seu gosto pela pintura.

 

MARGARIDA COSTA

Natural de Coimbra.

Licenciada em Design Gráfico pela Escola Universitária das Artes de Coimbra. Trabalha na área dos videojogos e aplicações pedagógicas, na empresa Insignio Labs, onde executa funções de webdesigner e ilustradora digital. Manifestou desde muito cedo aptidão para as artes, nomeadamente no campo do desenho realista, tendo vindo a aperfeiçoar a técnica nos últimos anos. É retratista nos tempos livres.

 

RICARDO LADEIRA

Natural do Porto. Nasceu em 1992.

Licenciou-se em Arte e Design pela Escola Superior de Educação de Coimbra, onde começou atividade como ilustrador e artista plástico.

Tem participado em várias iniciativas na área da ilustração com diversas instituições, salientando-se, “Museu Municipal de Coimbra”, “Licor Beirão”, “Casa Pia” e “Nós na Linha”. Participou em diversas exposições coletivas, nomeadamente na Torre de Almedina em Coimbra e nos SILOS Contentor Criativo (Caldas da Rainha) e individuais.

 

TÃNIA ANTUNES

Natural de Miranda do Corvo, nasceu a 11 de Janeiro de 1988.

Cedo descobriu o gosto pelas artes plásticas, desde criança que os lápis de cor a acompanhavam. A paixão foi crescendo desenvolvendo a aprendizagem pela pintura e o desenho, que acompanharam em paralelo os estudos da arquitetura. Trabalha como arquiteta, mas continua a explorar o gosto pelo desenho, nomeadamente retratista em tempos livres. Já participou em várias exposições coletivas e individuais.

 

TCHUM NHU LIEN

Tchum Nhu Lien de Gouvêa Falcão nasceu em Bobonaro, Timor. Criada no seio de uma família tradicional chinesa, oriunda de Cantão, cedo se iniciou nos princípios da caligrafia chinesa.

A quietude proporcionada pela fixação de residência em Lamas, Miranda do Corvo, permitiu-lhe dedicar o tempo devido à sua arte. Aqui, a sua sensibilidade oriental logo encontrou motivos e inspiração, e os trabalhos começaram a fluir naturalmente. A sua sensibilidade única transporta as imagens da sua terra natal para a sua terra de adoção, conjugando-as num harmonioso conjunto. A sua obra reflete predominantemente a técnica da pintura tradicional chinesa – uso exclusivo de materiais importados da China (pincéis papéis e tintas) sobre papel de arroz. Nos últimos tempos, tem alargado o seu leque técnico, utilizando frequentemente aguarela, acrílico e óleo. Tem participado em diversas exposições nacionais e internacionais e já foi várias vezes premiada.

 

 

 

AGENDA

Multimédia